Home » Polícia, Política

Justiça de Porteirinha suspende pesquisa eleitoral e encaminha caso à Polícia Federal

26 setembro 2012 2.780 views 0 Comentários

Nessa quarta-feira (26-09) a juiza eleitoral Pollyanna Lima Neves, da comarca de Porteirinha, decidiu suspender publicação de pesquisa eleitoral protocolada no último dia 19 de setembro, realizada pela empresa ‘Arnaldo Alves Pereira CPF 74840886687 ME’ sob encomenda do Jornal ‘Gorutuba Notícias’, de Janaúba.

A decisão foi tomada após ação ajuizada pela coligação “A força do povo” contra a referida pesquisa sob argumento de indício de fraude. Diversos argumentos técnicos foram apresentados para justificar a ação, sendo que a juiza eleitoral notificou os acusados para apresentarem suas defesas e, ao ser notificado, o representante do Gorutuba Notícias afirmou que não sabia nada sobre a publicação da pesquisa eleitoral.

A partir dos fortes indícios de fraude e dos sérios questionamentos sobre a idoneidade da pesquisa de preferência de eleitorado porteirinhense, a juiza deferiu o pedido de suspensão da mesma e remeteu cópia da sentença para a Polícia Federal para imediata instauração de inquérito policial com o objetivo de analisar a ocorrência do crime de fraude processual. Aos acusados ainda cabe recurso.

Mais duas pesquisas de intensão de voto em Porteirinha foram registradas na Justiça Eleitoral, uma pela Associação Comercial de Porteirinha e outra, novamente pelo Jornal Gorutuba Notícias, essas ainda não tendo seu teor divulgado.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Use Facebook para comentar esta notícia