Home » Agricultura, Economia, Política

Famílias da região começam a receber recursos do Plano Brasil Sem Miséria

15 fevereiro 2012 1.098 views 0 Comentários

O Centro de Agricultura Alternativa do Norte de Minas – CAA/NM e o Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Porteirinha estão orientando os beneficiados quanto ao uso da primeira parcela do recurso destinado às famílias agricultoras beneficiadas com a Assistência Técnica Rural – Ater do Plano “Brasil sem Miséria”.

O recurso, que começou a ser recebido pelas famílias, é parte do fomento que tem como objetivo viabilizar a execução do Projeto de Estruturação Produtiva e Social de cada propriedade.

O projeto de Ater está em execução desde novembro de 2011, quando o Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) anunciou que o Território da Cidadania da Serra Geral seria um dos três territórios do país, a serem beneficiados com os trabalhos pilotos do Plano Brasil sem Miséria. Em Porteirinha 320 famílias são beneficiadas com o programa e apesar do contrato ser de 17 meses com o CAA/NM, o andamento dos trabalhos já está adiantado.

Segundo informações do engenheiro agrônomo e coordenador da equipe, Tiago Sales, do total de beneficiados, mais de 130 famílias já foram visitadas. Em cada visita foi realizado um diagnóstico participativo de suas respectivas unidades de produção familiar.

Para Tiago, essa proposta tem uma assistência técnica diferenciada pautada na promoção da agroecologia, reconhecimento dos direitos humanos, além de prioridades como acesso à água, à saúde, boa alimentação e qualidade de vida. Segundo ele, a expectativa é “que os resultados demonstrem que por meio do fortalecimento e protagonismo das redes sócio-técnicas é possível pensar em um modelo de desenvolvimento territorial efetivamente pautado na sustentabilidade, inclusão social, igualdade de direitos e gênero e respeito as particularidades socioambientais e culturais”, avalia.

Elton Mendes Barbosa, coordenador do Território da Cidadania da Serra Geral e do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Porteirinha afirma que o trabalho tem contribuído muito, mas que ainda são grandes os desafios para que realmente a melhoria de vida das famílias sejam consolidados. Para Elton, “o trabalho em conjunto e a assistência técnica onde se respeita também o conhecimento tradicional e as particularidades da região, faz parte do caminho,” avalia.

A agricultora Carlécia Pereira Santana, também conhecida como Lécia da comunidade do Cedro é beneficiada pelo programa. Ela acredita que as melhorias vão ser refletidas no sistema produtivo de sua propriedade. “Nessas reuniões que temos participado, aprendemos muito”, afirma. De acordo com Lécia esse trabalho “é uma oportunidade de melhorar de vida e um incentivo para continuar no campo”, desabafa a agricultora. E completa animada “vejo com alegria que o futuro meu e de minha família está aqui na zona rural, onde temos uma vida melhor”.

ATER Serra Geral – Divididos em dois lotes com diferentes municípios, a Emater e o CAA/NM realizam o trabalho de assistência técnica previsto no Plano. Além de Porteirinha, onde os trabalhos recebem apoio do STR do município, o CAA/NM ainda realiza trabalhos nos municípios de Janaúba, Jaíba, Verdelândia e Matias Cardoso, onde conta com a colaboração da sociedade civil organizada, através dos sindicatos, entidades populares ou pastorais sociais.

Colaboração: Hélem Borborema
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Use Facebook para comentar esta notícia



Deixe um comentario

Coloque o seu comentário abaixo, ou link de volta a partir do seu site. Pode também subscrever estes comentários via RSS.

ANTES DE ESCREVER SEU COMENTÁRIO, LEMBRE-SE: o site PorteirinhaNoticias.com.br nao publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei ou que não tenham relação com o conteúdo da notícia. Seja cordial. De sua opinião com responsabilidade!

Pode usar estas tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Este site usa Gravatares. Para obter o seu proprio avatar-globalmente-reconhecido, por favor registe-se em Gravatar.