Home » Economia, Educação

Como anda a influência das novas tecnologias e da internet no comportamento do porteirinhense

5 março 2012 873 views 0 Comentários

A cidade chega ao futuro

Os porteirinhenses que têm acesso à rede mundial de computadores, sempre procuram por algo sobre a cidade na internet. E põe no Google, inventa endereço, procura aqui e acolá… Muitos já se decepcionaram com as escassas informações sobre Porteirinha que a net oferecia. Mas, assim como em todo o Brasil e no mundo, o acesso à internet e às novas tecnologias tem democratizado cada vez mais o acesso à informação.

Sala de Videoconferência do CVT

O número de usuários ativos na internet cresceu 11,9% em outubro de 2011, atingindo 46,7 milhões de pessoas no Brasil, segundo dados do Ibope. Em Porteirinha, apesar de não ter números oficiais, esse crescimento é visível. A facilidade que as pessoas têm encontrado no acesso à internet tem levado a população a entrar, cada vez mais, na era digital. O mercado oferece pacotes de internet a partir de R$29,90, o que favorece a sua popularização. É fácil ver no Orkut, Facebook, Twitter e outros meios digitais a presença de incontáveis porteirinhenses.

As políticas públicas de inclusão digital são fatores essenciais para esse crescimento. Podemos citar os Telecentros Comunitários, o Centro Vocacional Tecnológico (CVT) e até cursos técnicos à distância oferecidos pela Escola Técnica Aberta do Brasil em Porteirinha (e-Tec Brasil). O Polo de Porteirinha é, inclusive, referência em todo o Programa.

Cursos nas áreas de tecnologia facilitam o acesso ao mercado de trabalho

Só no CVT de Porteirinha, desde sua inauguração em 2007, já passaram cerca de 4000 alunos, atualmente o centro tem 700 alunos em seus mais diversos cursos.

Maria Hirlene, coordenadora do CVT, ressalta que “oferecemos 50 cursos virtuais, nas áreas de Informática, Cidadania, Meio Ambiente, Primeiro Emprego, Gestão de Agronegócio, Empreendedorismo e Agricultura e Pecuária, além de diversos cursos presenciais.”

Recentemente foi criado um banco de oportunidades e as pequenas e médias empresas locais têm procurado o CVT com o intuito de receber jovens com que tenha passado por qualificação no centro.

Empresas encontram na internet um meio de interação com os clientes

Muitas empresas locais também estão investindo nos novos meios digitais. Navegando pela internet já é possível encontrar diversos sites e redes sociais de empresas e entidades porteirinhenses. Ainda há muito a avançar, mas já é um bom começo.

Fazer um site, ou alguma rede social, se bem trabalhado, o resultado para a empresa é sempre positivo. Agora, o que não se pode é criar tudo isso e ficar sem atualizações.

Nossa reportagem se passou por consumidor e testamos alguns contatos nos sites, e-mails e redes sociais de empresas da cidade e, para nossa surpresa, não tivemos retorno nem de 30% dos envios. É necessário criar estratégias mercadológicas para que esses meios sejam eficazes e não fiquem apenas como uma ilustração publicitária. Isso começa pela atenção e respeito aos consumidores que entram em contato pela rede.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Use Facebook para comentar esta notícia



Deixe um comentario

Coloque o seu comentário abaixo, ou link de volta a partir do seu site. Pode também subscrever estes comentários via RSS.

ANTES DE ESCREVER SEU COMENTÁRIO, LEMBRE-SE: o site PorteirinhaNoticias.com.br nao publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei ou que não tenham relação com o conteúdo da notícia. Seja cordial. De sua opinião com responsabilidade!

Pode usar estas tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Este site usa Gravatares. Para obter o seu proprio avatar-globalmente-reconhecido, por favor registe-se em Gravatar.